Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Inocênte de Quê?

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a Justiça" - Henry Menchen

"É relativamente fácil suportar a injustiça. O mais difícil é suportar a Justiça" - Henry Menchen

Inocênte de Quê?

12
Fev22

171 - Julgamento - Considerações 1

António Dias

 

Mentira.jpg

171

“Deus me livre de ser julgado por um juíz”

Magistrado dum Tribunal da Relação português

 

A Justiça Portuguesa vive exageradamente enredada em questões formais, acabando muitas vezes por se sobrepor à matéria de facto e à verdade material. Em Portugal a defesa tem que defender o arguido do Ministério Público e do juiz. Em tribunal o que se faz é a justiça do juiz, porque sempre que ele quer condenar arranja maneira de o fazer. Como é que o juiz com tantas inconsistências e contradições condenou o arguido? Aqui, na dúvida, a culpa foi do arguido. No acórdão o juiz agarrou nos documentos para justificar os factos provados, mas o ridículo é que os documentos não provaram nada. O MP nas suas alegações menciona “horas dos factos” que nunca foram referidas no tribunal, nem mencionadas na acusação, apesar de terem sido pedidas à testemunha Vítor Carvalho, por serem muito importantes para a defesa do arguido. O juiz errou por preguiça, porque a decisão formal é sempre mais fácil.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub